0
18 de Julho
Por Ryan Moore
Traduzido por Joana Neto
Com a franquia de Tomb Raider no meio de um reinicio, é importante que os fãs saibam que a nova Lara Croft continua a merecer o título de Ícone dos jogos. Karl Stewart relembra os fãs da sua opinião sobre a nova Lara, e porque é que decidiram que a franquia tomou o a direcção que está a tomar.
Eu acho que ela se tornou num icone. Queriamos levá-la a um local onde ela não tivesse todas aquelas habilidades, onde não fosse perfeita. O jogador moderno pode-se relacionar a isso, eles querem um heroi complexo.
Comenta Karl
O herói "perfeito" está rapidamente a tornar-se uma coisa do passado já que os jogadores querem um herói do qual se podem relacionar, heróis com problemas para além do número de esteróides que toam diariamente ou o quão curto deverão de cortar o seu cabelo.
No que toca no que Lara se tornou Karl diz:
E acho que Lara cresceu tudo o que pode. Nós levámo-la a um grande sitio, algures onde ela pudesse concluir os seus problemas. Não haviam muitas mais histórias que poderíamos contar. Tivemos que encontrar um local novo onde tivéssemos por onde seguir, e ela tem tantos sítios para ir a partir daqui.
Karl tem um bom ponto de vista com a maioria dos jogos em geral, depois de teres jogado com a personagem durante tanto tempo, não há mais espaço para ela crescer, não há muito mais para eles verem. As vezes é bom começar do inicio. Para Lara, está é uma oportunidade para ela chegar a uma nova geração de fãs, e para dar aos antigos uma nova oportunidade de vida do seu herói favorito.
Tomb Raider está planeado para Outono de 2012, para PC, Playstation 3 e xbox360.
Fonte: Gamer Gaia

Enviar um comentário

 
Top